Senhas

Sua senha é sua assinatura no mundo digital. Portanto, seja muito cauteloso em sua elaboração e utilização. A seguir, mostramos algumas orientações básicas sobre senhas:

Sua senha não deve ter relação direta com seus dados pessoais ou de seus familiares e deve possuir no mínimo 8 caracteres. Também não deve ser nome de pessoa ou palavra encontrada no dicionário. Números como datas e telefones pessoais também não devem ser usados como senha.

O ideal é que a senha misture letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres não alfanuméricos.

Uma boa técnica para elaboração de senha é criar uma sigla a partir de uma frase que você consiga lembrar, como por exemplo: “Pcss!Tasr.”, que é formada pelas iniciais de “Preocupe-se com sua segurança! Troque a senha regularmente.” Pode-se também optar por criar um código qualquer baseado na substituição de caracteres. Um exemplo disso é a substituição de ‘a’ por ‘@’, ‘e’ por ‘&’, ‘i’ por ‘1′, ‘o’ por ‘0′, ‘u’ por ‘v’, ‘t’ por ‘th’ e ‘f’ por ‘ph’, como na senha: “Hvmth@n1dph”, que origina-se da frase “Há um macaco tomando água na ilha da fantasia”.

Não adote uma senha padrão para tudo. Uma vez descoberta, essa senha poderá dar acesso a todo tipo de informação pessoal de uma única vez.

Evite anotar sua senha. Memorize-a. Cuidado, no entanto, para não esquecê-la.

Sempre que você receber alguma senha gerada automaticamente, altere-a com a maior brevidade possível para uma senha de sua escolha.

Não permita que o seu computador salve sua senha para uso futuro.

Nunca revele sua senha, nem mesmo a um funcionário da Credi-Shop. Uma vez criada uma senha temporária através da nossa Central de Atendimento, altere-a o mais breve possível.

Jamais envie sua senha por e-mail.

Troque de senha regularmente, pelo menos uma vez por mês.

Evite reutilizar suas cinco últimas senhas.

Categorias: